Páginas

23/07/2016






Vi o sol nascer dentro de mim
Numa explosão multicor a luz se fez
Sou prisma cristalino
Sou paz em matéria líquida
Sou fluidez de amor e vida.


Vi o sol nascer dentro de mim
E a tradição dançar em minhas veias
Sopro no ar fumaça rezada
Tenho no chão fogueira encantada
Sou a firmeza da prece entoada.

Vi o sol nascer dentro de mim
A vida que pulsa no ventre
O tambor que ecoa no ar
Batendo como as entranhas
Da Grande Gaia Mãe.

Vi o sol nascer dentro de mim
E sob meus pés o musgo crescido
Acaricia o caminhar até o fim
A estrada acontece ao primeiro passo
E minha vida é fita em laço
Presente das anciãs que me nutriram
Com seus saberes abençoados

Vi o sol nascer dentro de mim
E hoje sigo levando amor
Pelos lugares por onde passo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário para nosso blog, com eles poderemos melhorar e aprimorar nossos textos e abordagens!!