Páginas

28/03/2017



Chamei minha sombra pra dançar
Chamei minha sombra para dar as mãos
Ela quis comandar os passos do bailado
Ela quis dançar solta pelo chão


Pedi para ela se acalmar e juntas
rodopiar as saias sob o sol amarelado
de olhos fechados e cabelos soltos
Chamei minha sombra pra dançar

Ela quis comandar os passos do bailado
Eu queria a luz do meu ser encantado
Ela queria o escuro da alma escondida

Eu a liberdade do Ser, ela o peso do ego
Eu a correnteza das águas, ela a prisão da bola de ferro
Eu as asas das borboletas, ela o casulo
Eu o olhar das grandes águias, ela a escuridão das cavernas

Chamei minha alma pra dançar
E aos poucos bailando inconsciente
A consciência despertando, segui dançando
E ao som do tambor do meu coração
Me elevei e levei a sombra pra dançar

Cheguei ao Sol...da minha alma.

Rose Kareemi Ponce

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário para nosso blog, com eles poderemos melhorar e aprimorar nossos textos e abordagens!!